A quarta edição do Prêmio Odair Firmino de Solidariedade, patrocinado por Caritas Brasil, tema es la Soberanía Alimentaria y la Solidaridad. Y el día otorgará 19 Octubre.

La soberanía alimentaria implica devolver la capacidad de decidir sobre la producción, a distribuição e o consumo de alimentos aos principais atores envolvidos neste processo, ao campesinato e aos consumidores. Ser soberano é ter a capacidade de decidir, quando se diz respeito a nossa alimentação.

Hoje, o sistema agrícola e alimentar é monopolizado por um punhado de empresas da indústria agroalimentar e de distribuição que impõem seus interesses particulares, de fazer negócios com a comida, sobre os direitos dos agricultores e as necessidades alimentares das pessoas. Só assim se pode explicar tanta comida e tanta gente sem comer. A produção de alimentos triplicou dos anos 60 até os dias atuais, enquanto a população mundial, desde então, apenas duplicou, mas, mesmo assim, cerca de 900 milhões de pessoas, segundo a FAO (Organización de Comida y Agricultura,,en,hambriento,,pt,La Caritas brasileña desarrolla acciones de apoyo a la agricultura familiar en los campamentos y asentamientos de la reforma agraria,,pt,El asesor grupos de cuerpos y comunidades campesinas / como en la formación de hábitos alimentarios saludables en el cultivo de huertos medicinales y plantaciones agro-ecológicas,,pt,la creación de animales pequeños,,pt,el acceso al crédito y la gestión de los fondos de solidaridad que gira,,pt,entre otras iniciativas de producción colectiva,,pt,Desde,,es,pero,,fr,miles de familias se han beneficiado,,pt,Con el fin de proteger y preservar la flora y la fauna,,pt,Cáritas permite a los grupos a la gestión sostenible de los muelles,,pt,ríos y embalses,,pt,destinada a un uso responsable de los recursos hídricos locales,,pt), passam fome.

A Cáritas Brasileira desenvolve ações de apoio à agricultura familiar em acampamentos e assentamentos da reforma agrária. A entidade assessora grupos e comunidades de camponeses/as na formação de hábitos alimentares saudáveis no cultivo de hortas medicinais e plantios agroecológicos, na criação de pequenos animais, no acesso ao crédito e na gestão de fundos rotativos solidários, entre outras iniciativas de produção coletivas. Desde 2005, mais de 20 mil famílias foram beneficiadas.

Com o objetivo de proteger e preservar a flora e fauna, a Cáritas capacita os grupos para o manejo sustentável de nascentes, rios e açudes, visando o aproveitamento responsável dos recursos hídricos locais.

por Mariana Guedes, da assessoria de Comunicação da Cáritas Brasileira / Secretariado Nacional. Com informações do Instituto Kairós.